Doenças Cardíacas

10 Dicas Do Médico Para evitar um infarto


Por Dr. Roberto Yano
10 de julho de 2020

Problemas cardíacos aparecem como uma das principais causas de morte no mundo. Eles podem acometer pessoas mais jovens, idosos, homens e mulheres. Felizmente existem meios para evitar um infarto.

Esse é um quadro que pode levar um paciente a óbito e às vezes, subitamente. Mais de 60% dos pacientes que morrem em decorrência de um infarto falecem nas primeiras horas após os sintomas surgirem.

Mas, tão importante quanto saber como agir diante desse quadro é entender que é possível evitar um infarto. Existem dicas que embora não livrem 100% a possibilidade de infartar, diminuem consideravelmente esse risco.

As Principais Dicas Para Evitar Um Infarto E Ser Mais Saudável

  • Alimente-se bem:

A primeira dica para evitar um infarto é algo que, com certeza, você já sabe da importância: alimentar-se bem.

É fundamental que você escolha com cautela aquilo que vai ingerir em suas refeições.

Prefira alimentos frescos e naturais, evitando o consumo de processados, industrializados e enlatados. Dê prioridade para frutas, verduras, legumes, carboidratos integrais e de baixo índice glicêmico, gordura boa como abacate, castanhas, azeite extravirgem, proteínas magras como frango sem pele, peixes grelhados, leite desnatado.

  • Pratique exercício físico:

O coração é um músculo e como tal deve ser fortalecido. Isso o torna mais resistente e forte contra diversas doenças, o que, com certeza, é um meio de evitar um infarto.

Pratique atividades regularmente, ao menos 30 minutos por dia, pelo menos 5 vezes na semana. Você pode aumentar a frequência e intensidade dos treinos ao longo do tempo.

  • Faça Exames Regularmente

Engana-se quem pensa que somente pessoas que já estão com idade avançada devem visitar o médico com frequência.

Realizar exames é essencial para que você consiga acompanhar os níveis de açúcares, colesterol e pressão arterial. Esses, por sua vez, são importantes indicativos a respeito da saúde do seu coração.

  • Não fume:

O tabagismo aparece como um dos fatores de risco mais agravantes para doenças cardíacas. Uma pessoa fumante tem mais chances de infartar, independentemente de sua idade.

O cigarro também compromete o coração dos chamados “fumantes passivos”, que são pessoas que têm contato com a fumaça exalada por outras. Ou seja: o cigarro não faz bem para você nem para quem está ao seu redor.

  • Atenção no histórico familiar:

Se você possui parentes próximos – pais ou irmãos – que sofreram com problemas cardíacos, você deve redobrar a sua atenção para evitar um infarto.

Estudos apontam que o histórico familiar conta muito. Geralmente quem tem familiares cardiopatas tende a desenvolver doenças cardíacas também.

  • A Faixa Etária Impacta Na Saúde

A faixa etária é outro ponto de atenção. Embora pessoas mais jovens também possam sofrer com um infarto é evidente o quanto o avanço da idade agrava a situação e torna o coração mais frágil.

Sendo assim, quem tem mais de 50 anos deve sempre manter os cuidados redobrados e fazer o devido acompanhamento médico para conseguir ter uma saúde cardíaca.

  • Controle diabetes e hipertensão:

A pressão arterial e os níveis de açucares no sangue devem ser controlados para evitar um infarto. Isso significa que a alimentação deve ser regrada e saudável, assim como o controle do peso.

  • Prefira gorduras saudáveis:

O consumo de gordura é importante para manter os níveis de energia do corpo. Mas você deve aprender a escolher gorduras consideradas boas como aquelas obtidas em itens como o azeite extravirgem, o chocolate meio amargo, o abacate e a castanha-do-pará.

  • Saúde mental:

Evite situações de estresse e ansiedade. Procure praticar atividades que causem prazer e lhe deixe relaxado. Isso também é importante para evitar um infarto e cuidar da saúde mental.

  • Converse com o seu médico:

Qualquer histórico familiar ou sintoma relacionado às doenças cardíacas devem ser informados ao seu médico. Assim ele saberá quais são os riscos e o que fazer para evitar um infarto.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *