Infarto

Academia Ajuda Prevenir Um Infarto? 


Por Dr. Roberto Yano
28 de setembro de 2020

Como já sabemos, realizar exercício físico regularmente traz muitos benefícios para as nossas vidas, e também  é um grande aliado no combate a várias doenças, mas será que a academia ajuda a prevenir um infarto de modo geral?

Muitas pessoas optam pela academia quando o assunto é a saúde do coração, e por isso, achei que esse seria um assunto muito importante para abordarmos hoje, e tirar todas as dúvidas sobre o tema. 

Então, confira e descubra agora, de uma vez por todas, se a academia ajuda a prevenir um infarto!

Academia Ajuda Prevenir Um Infarto

Mito ou verdade: Academia Ajuda Prevenir Um Infarto de maneira geral?  

Em uma pergunta como essa, em que a questão é se a academia ajuda a prevenir um infarto, a resposta é que SIM, porém seu coração deve estar preparado para o exercício, e eu, como Cardiologista, vou te explicar o porquê.   

Primeiramente, se a sua intenção é iniciar exercícios físicos pelo motivo da saúde de seu coração, essa é uma ótima escolha, porém, é necessário, primeiramente, que você faça uma avaliação com um médico Cardiologista. Mas porquê?   

As atividades físicas são realmente indispensáveis para quem quer garantir a saúde do coração, e inclusive é uma ferramenta essencial na recuperação de quem já sofreu por alguma doença, como um infarto.   

Porém, iniciar uma rotina de exercícios físicas tendo algum tipo de histórico familiar de doenças cardíacas na família, pode ser um grande risco. Isso porque o exercício físico pode se tornar um gatilho para a piora do quadro de uma doença do coração que talvez você nem saiba que tenha.

E por isso, é importante a liberação e acompanhamento do seu médico sempre. Somente assim, você poderá garantir a sua saúde do seu coração e poderá praticar exercícios com segurança.   

Até mesmo os atletas podem sofrer de infarto!  

O mito de que apenas pessoas acima do peso e fora de forma podem sofrer de doenças do coração é muito disseminado pela sociedade, e é por isso que quando as pessoas se deparam com a noticia de que um atleta morreu em decorrência de uma doença cardíaca, é quase impossível de se acreditar.   

Academia ajuda a prevenir um infarto de forma geral, porém, em alguns casos, a falta de acompanhamento médico pode ser fatal para quem decide iniciar esses novos hábitos.   

Pessoas com histórico familiar para doença do coração mesmo que jovens devem realizar um check up com o cardiologista antes de iniciar exercícios físicos.  

No geral, pessoas que queiram realizar exercício de alta intensidade ou que decidem ser atletas, mesmo sem ter nenhum histórico familiar ou pessoal para doenças cardiológicas, devem passar pelo cardiologista afim de receber a liberação para o exercício de alta intensidade e afastar possíveis doenças cardíacas, principalmente o infarto e as arritmias induzidas pelo esforço.  

Então não posso praticar exercícios?   

Se você não tem nenhuma comorbidade, não tem histórico familiar, é jovem, você pode iniciar exercícios físicos. Mas nunca exercícios de alta intensidade.   

Por isso prefiro dizer que uma consulta é importante. Não sabemos se você quer se tornar um atleta de ponta, não é?  

Enquanto isso, algumas atividades seguras que posso indicar, são:  

  • Caminhada   

 A caminhada é uma ótima aliada para a perda de peso, para a circulação sanguínea, diminuição do colesterol e triglicérides, controle da glicemia, e por isso, pode ser o exercício inicial para quem quer iniciar novos hábitos de vida.  

  • Pedalar  

Pegar a sua bicicleta e pedalar por aí também vai te trazer muitos benefícios, e de forma totalmente segura! Lembrando sempre que o ideal é sempre procurar um cardiologista, principalmente se decidir pedalar com maior intensidade.  

  • Hidroginástica  

A hidroginástica é um exercício muito seguro, de leve intensidade e que pode ser realizada pela maioria das pessoas, até por quem tem lesão de joelho ou coluna, por exemplo.  

  • Musculação  

Excelente exercício para ganho de massa muscular e condicionamento cardiopulmonar. O ideal é sempre realizar o exercício com o acompanhamento de um professor de educação física.  

Por fim, quem realiza exercício físico melhora o condicionamento cardiopulmonar, ajuda a manter níveis pressóricos ideais, ajuda a compensar o diabetes, fortalece a musculatura, ajuda na manutenção do peso e no emagrecimento saudável, reduz as chances de infartar ou ter um AVC (derrame) no futuro.  

Depois de entender que fazer academia ajuda a prevenir um infarto não deixe para começar amanhã. Comece hoje mesmo! Um grande abraço!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *